Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Moro celebra operação da PF contra facção criminosa PCC

Moro celebra operação da PF contra facção criminosa PCC - Otávio Sá Leitão

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, celebrou, nesta sexta-feira (9), mais uma operação da Polícia Federal (PF) contra o crime organizado.

Uma força-tarefa formada pelas polícias Federal, Rodoviária Federal e Civil de Minas Gerais deflagrou hoje a Operação Caixa-Forte, com o objetivo de combater crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, praticados em âmbito nacional.

A ação conta com a participação de 250 agentes públicos para cumprir 52 mandados de prisão preventiva, 48 mandados de busca e apreensão, 45 mandados de sequestro de valores/bloqueio de contas bancárias em 18 cidades e unidades prisionais de Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul.

 

As investigações tiveram início em novembro de 2018 e identificaram a existência de uma seção rigidamente estruturada dentro da facção, denominada “GERAL DO PROGRESSO”.

O setor era responsável por gerenciar o tráfico de drogas, distribuindo os entorpecentes que garantem o sustento da organização criminosa, bem como por orquestrar a lavagem de dinheiro dos valores oriundos dos crimes praticados.

Em mensagem publicada na rede social Twitter, Moro parabenizou todos os envolvidos na operação. “Juntos somos fortes”, completou o ministro.

De acordo com telefonema interceptado pela PF de um líder do PCC, o tesoureiro da facção criminosa Alexsandro Roberto Pereira, conhecido como “Elias”, lamentou a forte pressão do governo do presidente Jair Bolsonaro:

“Os caras tão no começo do mandato dos cara, você acha que os cara já ‘começou’ o mandato mexendo com nois irmão. Já mexendo diretamente com a cúpula, irmão. O… o… quem tá na linha de frente. Então, se os cara começou mexendo com quem estava na linha de frente, os caras já ‘entrou’ falando o quê?”

O traficante também teceu duras críticas contra o ministro Moro:

“Com ‘nois’ já não tem diálogo, não, mano. Se vocês estava tendo diálogo com outros, que tava na frente, com ‘nois’ já não vai ter diálogo, não. Esse MORO aí, esse cara é um filha da puta, mano. Esse cara aí é um filha da puta mesmo, mano. Ele veio pra atrasar. Ele começou a atrasar quando foi pra cima do PT.”

Fonte: Renova midia - TARCISO MORAIS

Comentários