Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Avalie os políticos da Paraíba!

Você pode ver e votar nos políticos do Estado.

Nasci na Paraiba/PB. Estudei em colégio público.

Nasci na Paraiba/PB. Estudei em colégio público. - Otávio Sá Leitão

Nasci na Paraiba/PB. Estudei em colégio público. Para estudar não havia o Google. Pesquisas na escola eram escritas à mão em folha de caderno ou no máximo, folha de ofício. E se tivesse igual ao que estava no livro, estávamos ferrados?. Tínhamos tarefa de casa pra fazer e a educação física era de verdade com direito a muitas corridas na quadra do ginásio de esportes, até ficar com a língua de fora ?. Na escola tinha o gordo, o anão, a Olívia palito, o Pinóquio, o Dumbo, o cotoco, a girafa, a zoiuda... todo mundo era zuado, era uma brincadeira, e ninguém se queixava de bullying?.

Meus pais mandavam a gente ir a pé e sozinhos na bodega, a qualquer hora e sem medo, e tudo que pensávamos era no chiclete ping pong que íamos comprar com o troco, o famoso "ki suco" que com $0,10 centavos nós comprávamos, e era o único pó que nós conhecíamos (o de morango era o melhor ?).

Refrigerante?? só aos domingos e olhe lá ,1 litro para a família toda?. Época que ser gordinho era sinal de saúde e a avó fazia a gente comer de tudo e se fosse magro, tinha que tomar Biotônico Fontoura ou Emulsão Scot (ruim pra c...). A frase " já vou mãe" era pra sair da rua e não do computador nem celular... Apanhei de cinto, galho de goiabeira e chinelo (kkkkkk). Fiquei de castigo e não me tornei rebelde. Tínhamos brinquedos e não celular, colecionávamos figurinhas, latinha, papel de carta, carteira de cigarro vazia. Cantava o hino nacional com a mão no peito, a tabuada era na ponta da língua, caso contrário cheirava a parede kkkk.

Adorava quando a professora usava o mimeógrafo e aquele cheiro de álcool tomava conta da sala, uma overdose que não matava.

Na rua corria descalço, jogava bola e queimada... brincava de tudo: esconde esconde, pega pega, jogava bolinha de gude, andava de bicicleta, soltava bombinha, pipa, intrigava com os cachorros dos vizinhos, apertava as campanhias das casas e corria, brincava também de triangulo, ciranda, caiu no poço, entre outras. Não importava se era negro, branco, pardo, rico, pobre, menina ou menino; todo mundo brincava junto e como era bom 

Ah que saudade dessa época em que a chuva tinha cheiro de terra molhada e adorávamos tomar banho nas poças que se formavam (frieiras com força.kkkk).

Época em que a nossa única dor era quando usavam merthiolate nos machucados (bicho de pé) e a única preocupação era com o boletim escolar.

Éramos felizes perante o mundo de hoje , onde as crianças só conhecem a diversão digital.

 

Se você também é dessa época ,copie e cole no seu mural#inesquecível

 Que tempo bom que não volta nunca mais , copiei e colei,!!!!! Realmente uma infância digna de um filme realretrata fielmente minha época. Demaissss saudades...

Fonte: Midia Livre

Comentários