Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Bolsonaro reage a secretário da Receita e diz que igrejas não pagarão imposto

Bolsonaro reage a secretário da Receita e diz que igrejas não pagarão imposto - Otávio Sá Leitão

"O presidente Jair Bolsonaro garantiu na manhã desta segunda-feira (29) que não será criado um imposto sobre as igrejas. O comentário foi uma reação à entrevista que o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, deu à "Folha de S.Paulo".

 

Na entrevista, Cintra afirmou que um novo imposto chamado Contribuição Previdenciária (CP) – uma nova forma de financiar a Previdência Social – será cobrado de todas as transações, bancárias ou não, com alíquota de 0,9%. Tal contribuição será dividida entre as duas "pontas" da operação: será cobrado 0,45% de quem paga e 0,45% de quem recebe.

 

Segundo o secretário, o novo tributo não será uma "nova CPMF" porque será permanente e "muito mais amplo". "Todo mundo vai pagar esse imposto, igreja, a economia informal, até o contrabando". "Abarcará qualquer transação envolvendo pagamentos, até escambo", acrescentou.

 

Cintra garantiu, no entanto, que não haverá aumento de carga tributária, pois o novo tributo vai substituir a atual contribuição à Previdência Social do empregador, que equivale a 20% da folha de pagamento de cada empresa, e do empregado, que varia de 8% a 11% do salário: "Ela vai substituir impostos perniciosos, será compatível com o mundo digital e vai pegar todo mundo"."

 

Fonte: Gazeta do povo

Comentários