Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Avalie os políticos da Paraíba!

Você pode ver e votar nos políticos do Estado.

Gustavo Bebianno, ex-ministro de Bolsonaro, morre de infarto fulminante

Gustavo Bebianno, ex-ministro de Bolsonaro, morre de infarto fulminante - Otávio Sá Leitão

São Paulo – O ex-secretário geral da Presidência do governo Bolsonaro (sem partido) e pré-candidato a prefeito do Rio (pelo PSDB), Gustavo Bebianno, morreu por volta das 5h30 da manhã deste sábado (14), vítima de infarto. Ele tinha 56 anos e estava em seu sítio em Teresópolis junto com um caseiro e um de seus filhos. Segundo informações, o advogado sentiu-se mal por volta das 4h, foi levado para um hospital da cidade, mas não resistiu.

De aliado a desafeto

Bebianno chegou a ser considerado um dos homens de confiança de Bolsonaro. Ele foi o principal responsável pelo acordo que levou o atual presidente ao PSL, partido que presidia, e também foi o coordenador da campanha eleitoral vitoriosa em 2018.

Mas ele foi também pivô da primeira crise política do governo. foi o primeiro ministro a deixar o atual governo, demitido em fevereiro de 2019, em meio a um racha no PSL que se originou com as suspeitas de que o partido teria lançado candidaturas de “laranjas” como parte de um esquema para desviar recursos públicos do fundo eleitoral.

Até o fechamento desta nota, ainda não havia informações informações sobre o velório. Amigo de Bebianno e presidente estadual do PSDB-RJ, o empresário Paulo Marinho disse que o corpo será velado em uma capela vizinha ao sítio do ex-ministro. Ele deixa mulher e dois filhos.

Fonte: Rede Brasil Atual

Comentários