Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Bancada do PSL derruba homenagem a Greenwald na Alerj

Bancada do PSL derruba homenagem a Greenwald na Alerj - Otávio Sá Leitão

A bancada do Partido Social Liberal (PSL) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) impediu, nesta terça-feira (20), que a Casa votasse a concessão da Medalha Tiradentes ao militante norte-americano Glenn Greenwald, editor e cofundador do site panfletário Intercept.

A proposta de condecoração foi feita pela deputada Zeidan (PT), mas com a intervenção do PSL, o projeto saiu de pauta.

Greenwald foi chamado de “vagabundo” pelo deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL), informa a revista Veja.

 

Em uma mensagem no Twitter, o norte-americano rebateu:

“Doloroso ser insultado por um partido que não acredita em uma imprensa livre ou em instituições democráticas básicas, liderado pelo monstro que orgulhosamente destruiu a placa de Marielle semanas após o assassinato brutal dela e pior.”

Em uma postagem seguinte, Greenwald acrescentou:

“Ser chamado de ‘vagabundo’ pelo Partido de Queiroz e pelo monstro que destruiu a placa de Marielle é quase uma honra, assim como a Medalha Tiradentes.”

Através da mesma rede social, o deputado Amorim rebateu as acusações de Greenwald:

“Verdevaldo, um quadrilheiro, envolvido com ilegalidades pelo mundo todo, me atacando porque eu jamais neguei para ninguém o bom relacionamento com Queiroz. A esquerda é que gosta de negar tudo, assim como o PT de Glenn por exemplo NEGA as participações nas sociedades com Cabral.”

E acrescentou:

“O lamentável Glenn Greenwald quis me expor para sua claque de esquerdiotas postando uma foto minha com Queiroz, uma foto antiga que eu nunca quis deletar das minhas redes. Também insisto em não apagar Queiroz da minha história. Se ele errou, que pague pelo erro.”

Fonte: Renova midia - TARCISO MORAIS

Comentários