Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Avalie os políticos da Paraíba!

Você pode ver e votar nos políticos do Estado.

Filme sobre Marielle faz audiência da Globo despencar

Filme sobre Marielle faz audiência da Globo despencar - Otávio Sá Leitão

Apesar de uma intensa campanha publicitária, a exibição do primeiro episódio do filme “Marielle – O Documentário” derrubou a audiência da Rede Globo, nesta quinta-feira (12), em São Paulo.

“Às 23h35, a série registrava 18,6 pontos na medição em tempo real da Kantar Ibope Media e liderava o ranking. Às 0h20, estava empatada com o humorístico ‘A Praça é Nossa’, do SBT: 10 a 10”, destaca O Antagonista.

Em nota enviada à RENOVA na tarde desta sexta-feira (13), a emissora do Rio de Janeiro negou a informação:

“O primeiro episódio de ‘Marielle – O Documentário’, exibido na “Pré-estreia Globoplay” desta quinta-feira, dia 12, aumentou a audiência da faixa horária em São Paulo e no Rio de Janeiro, em comparação com as 4 quintas anteriores. Em São Paulo, registrou 13 pontos de audiência e 28% de participação. São 3 pontos acima da média de audiência da faixa nas últimas 4 quintas-feiras e 2 pontos a mais de participação na capital paulista. No Rio, registrou 16 pontos de audiência e 33% de participação, elevando em 4 pontos tanto a audiência quanto a participação em relação a média da faixa nas 4 quintas-feiras anteriores. Os episódios completos de “Marielle – O Documentário” já estão disponíveis no Globoplay para assinantes. A série documental conta a vida e a morte da vereadora do Rio de Janeiro e do seu motorista, Anderson Gomes, em um atentado há dois anos.”

Diretor da franquia “Tropa de Elite” e da série “Narcos”, o cineasta José Padilha foi atraído pela Globo para fazer parte do projeto pela audiência da emissora carioca e pelo cachê para lá de vultoso.

A escolha de Padilha foi rechaçada nas redes sociais por militantes de esquerda. O diretor, por outro lado, disse ter sido vítima de “linchamento moral” e que Marielle, a quem conheceu, nunca o chamou de “fascista”, destaca a revista Veja.

Fonte: Renova mídia Tarciso de Morais

Comentários