General declara que irá indicar militar para fiscalização das urnas eletrônicas

General declara que irá indicar militar para fiscalização das urnas eletrônicas - Otávio Sá Leitão

O General Paulo Sérgio Nogueira, atual ministro da Defesa do governo Bolsonaro, endereçou um ofício na noite desta segunda-feira (20) ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, no qual declara que irá enviar nomes técnicos militares para atuarem como representantes das Forças Armadas na fiscalização das urnas eletrônicas.

No texto encaminhado a Fachin, o ministro da Defesa afirma que “a participação das Forças Armadas como entidade fiscalizadora do sistema eletrônica de votação” acontecerá de “maneira conjunta”, através de especialistas militares que o Ministério ficará encarregado de indicar.

O militar ainda pediu que o TSE aponte um servidor do tribunal “para atuar como ponto de contato” com os militares, “com intuito de facilitar a coordenação das ações que efetivem a aludida participação”

 

 

No decorrer da reunião, que aconteceu nesta segunda-feira (20), com integrantes da Comissão de Transparência Eleitoral, Fachin declarou que o político que duvida do seu eleitor não é digno do mandato que exerce e desonra a história da democracia. Na visão do ministro, quem duvida do sistema eleitoral, na realidade, indaga as escolhas dos eleitores.

Fonte: Imprensa Brasil


Participe do nosso grupo MÍDIA LIVRE no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/J1XtopqyAuU1L7NZugWTKb

Comentários