Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Toffoli ainda defende a censura: “Lá na frente vão reconhecer que estamos certos”

Toffoli ainda defende a censura: “Lá na frente vão reconhecer que estamos certos” - Otávio Sá Leitão

 

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, afirma que o tempo mostrará que ele e o colega Alexandre de Moraes estão com a razão na condução do inquérito que apura “ataques e fake news” contra a corte.  “Às vezes, é necessário ser um cordeiro imolado para fazer o bem”, diz ele. “Estou me expondo, do ponto de vista da minha imagem pessoal”, segue o ministro, afirmando que será melhor entendido quando as apurações forem concluídas.

 “As pessoas, lá na frente, e inclusive a imprensa, vão reconhecer que estamos certos”, diz ele, sem detalhar os motivos.

BATEU, LEVOU – A criação do inquérito e posterior censura a sites e postagens em redes sociais gerou forte reação em vários setores do país.

Advogados se reuniram na quinta-feira (dia 18) em São Paulo para organizar um manifesto em defesa do STF. Ainda que façam ressalvas a recentes decisões de suspender matérias jornalísticas — ou censurar entrevistas, como ocorreu quando Luiz Fux impediu que a Folha conversasse com Lula na prisão —, os profissionais vão defender o tribunal.

MIMIMI – A Justiça paulista negou o recurso de uma ação por danos morais contra a deputada Janaina Paschoal (PSL-SP). O juiz Marco Pelegrini, do Tribunal de Justiça de SP, disse em sua decisão que “o melindre exacerbado não pode conviver no espírito daquele que exerce função pública”.

A ação foi movida por Salomão Shecaira, professor de direito penal da USP, após a deputada ter criticado um suposto plágio na prova de concurso para professor titular de Direito Penal na Universidade de São Paulo.

Fonte: Mônica Bergamo Folha

Comentários