Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Avalie os políticos da Paraíba!

Você pode ver e votar nos políticos do Estado.

Em grupos do WhatsApp, caminhoneiros pedem intervenção militar

Em grupos do WhatsApp, caminhoneiros pedem intervenção militar - Otávio Sá Leitão

Estadão conta que participa de três grupos dos caminhoneiros no Whatsapp, cada um deles com pelo menos 200 participantes.

Momentos após o pronunciamento do presidente da República, Michel Temer, a mensagem que circulava nos grupos era a de manter os protestos. 

Frases como "Não vamos sair", "É guerra", "Não quero mais saber de imposto, quero todo o governo fora" e "Não podemos parar, eles viram a força que temos" davam noção do clima entre os caminhoneiros no domingo.

A reportagem segue mais adiante:

Pelo tom das conversas, as reivindicações saíram do campo econômico e entraram na esfera política. Depois da dimensão que a greve tomou nos últimos dias, os caminhoneiros passaram a acreditar que podem mudar o rumo do País. Cada um tem uma tese diferente, expressa nas mensagens de WhatsApp.

Alguns acreditam que se conseguirem manter a paralisação por mais tempo, o governo atual será obrigado a renunciar. A maioria apoia a intervenção militar.

Comentários