Operação “Quem Indica”: Polícia Federal cumpre 30 mandados em residências de desembargadores e servidores no Pará

Operação “Quem Indica”: Polícia Federal cumpre 30 mandados em residências de desembargadores e servidores no Pará - Otávio Sá Leitão

A operação denominada “Quem Indica” – Q.I., que conta com a participação da Procuradoria da República e 112 policiais federais, que estão cumprindo 30 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta-quinta-feira (4), contra desembargadores do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) e servidores do governo estadual do Pará. A investigação teve início após análise do material obtido durante a operação “Para Bellum”, em junho de 2020, que investigou fraudes na compra de respiradores pulmonares pelo governo de Helder Barbalho, onde o mesmo foi flagrado em conversa por meio de plataforma de mensagem on-line, negociando diretamente os equipamentos inservíveis com o lobista André Felipe de Oliveira. Além disso, constataram que o ex-Chefe da Casa Civil da Governadoria do estado do Pará, Alberto Beltrame, em conjunto com membros da cúpula do governo do estado – os desembargadores do TJPA, que usavam dos cargos para promover indicações, nomeados de “apadrinhados”, que usufruíam de cargos comissionados no Poder Executivo do Estado. Operação Q.I. – “Quem Indica” – que recebeu esse nome em alusão à sigla informal “Quem Indica”, usada popularmente em referência às indicações de trabalho baseadas nas relações interpessoais e de amizade, não levando em consideração as habilidades e conhecimentos formais dos candidatos há uma vaga de trabalho.   Fonte: https://horabrasilia.com.br

Fonte: Por Luana Valente Fonte: https://horabrasilia.com.br


Participe do nosso grupo MÍDIA LIVRE no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/J1XtopqyAuU1L7NZugWTKb

Comentários