Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Transsexual Duda Salabert sai do PSOL por “transfobia estrutural do partido”

Transsexual Duda Salabert sai do PSOL por “transfobia estrutural do partido” - Otávio Sá Leitão

A primeira travesti a candidatar-se a um cargo no Senado foi a professora mineira Duda Salabert, filiada ao PSOL (Partido Socialismo e Liberdade). Na tarde de ontem (21), Duda Salabert anunciou sua desfiliação do partido. Nas eleições de 2018 ficou em oitavo lugar na disputa com 15 candidatos para duas vagas.

“Deixo o PSOL por não concordar com a transfobia estrutural do partido. Enquanto mulher transexual, não posso endossar uma estrutura que se apropria da luta e da identidade trans para privilegiar figuras e candidaturas já privilegiadas” declarou em post no Instagram.

Duda destacou ainda outras formas de ativismo que defende e julga importe: “Deixo o PSOL por não concordar com a perspectiva antropocêntrica que estrutura o partido. Enquanto vegana, ambientalista e defensora dos direitos dos animais, não posso aceitar que a luta para difundir o respeito às vidas de todos animais fique em segundo plano”.

Em página do Facebook, o PSOL Belo Horizonte diz discordar das motivações de Duda de sair do partido: “nosso partido é, todos os dias, um instrumento de combate a desigualdade, ao racismo, machismo, homofobia e transfobia, em que pese as manifestações estruturais de nossa sociedade, da qual não estamos imunes”.

Acompanhe na íntegra as postagens:

Fonte: Conexão politica

Comentários