Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Avalie os políticos da Paraíba!

Você pode ver e votar nos políticos do Estado.

Presidente Jair Bolsonaro se pronuncia sobre inquérito do STF, censura, fraudes

Presidente Jair Bolsonaro se pronuncia sobre inquérito do STF, censura, fraudes - Otávio Sá Leitão

Na transmissão ao vivo que faz às quintas-feiras, o presidente Jair Bolsonaro convidou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, o Advogado-Geral da União, André Mendonça, e o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo, além do Secretário para Aquicultura e Pesca, Jorge Seif.

Bolsonaro comentou a diminuição no número de homicídios e agradeceu pelo trabalho das forças de segurança, reforçando a necessidade de aprovar o pacote anticrime do ministro Sérgio Moro.

O major Vitor Hugo comunicou que será responsável por receber, dos parlamentares, sugestões de projetos que possam ser feitos por meio de decreto. O deputado também comemorou a vitória na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara, onde a reforma da previdência foi aprovada.

O Advogado-Geral da União, André Mendonça, afirmou que, no caso do “inquérito de Toffoli”, a AGU não entrou no mérito da questão. O ministro afirmou ser um consenso que a liberdade de imprensa é um valor inegociável, e que isso teria sido reconhecido pelo ministro Alexandre de Moraes ao revogar sua decisão de censurar veículos da grande mídia.

Bolsonaro lembrou ainda que recebeu a menina Yasmin, vítima de uma fake news veiculada pelo jornal O Estado de S. Paulo e repercutida pela velha imprensa. O presidente anunciou que visitará a comunidade onde a menina mora e onde a família tem sido alvo de hostilidades devido à fake news.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, falou que, nos novos tempos, as mídias sociais são um instrumento de extrema importância. O ministro garantiu que o risco de não haver ENEM este ano está completamente afastado. Weintraub também afirmou que o ENEM não terá questões ideológicas e recomendou aos alunos que se concentrem nos estudos. O ministro disse que a educação é paga pelos impostos pagos pelos cidadãos, e tem que ser devolvido aos contribuintes na forma de serviços públicos, entre os quais está a educação.

Bolsonaro ironizou os ataques da velha imprensa, que o atacava por seus comentários nas redes sociais e também o atacou quando parou de usar a rede social por algum tempo.

O Secretário para Aquicultura e Pesca, Jorge Seif, falou sobre o novo Cadastro Nacional dos Pescadores, que visa combater as fraudes na concessão do seguro-defeso. Seif relatou que a CGU detectou que mais de 60% dos beneficiários não tinham realmente direito ao benefício.

O AGU ainda apresentou um parecer, com efeito vinculante, para que todos os órgãos de controle tenham acesso livre às informações sobre o dinheiro público. Segundo o AGU, não haverá sigilo bancário em relação ao dinheiro público federal.

 

Fonte: News Atual

Comentários