Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Copa 2014 - Jerome Valcker, Blater e Governo Dilma roubaram o Brasil

Copa 2014 - Jerome Valcker, Blater e Governo Dilma roubaram o Brasil - Otávio Sá Leitão

Jérôme Valcke,  em 27 de junho de 2007, assumiu  cobiçado Cargo de Secretário-Geral da Federação Internacional de Futebol (FIFA), sediada em Zurique.
Em 17 de setembro 2015 foi suspenso "com efeito imediato até novo aviso de todos os seus deveres" pela Entidade.
Confirmada condenação, pena imposta foi de 10 anos de proibição de atuar no Futebol.
Recorreu e perdeu. Recurso rejeitado.

Embora conste contra ele participação em escândalo envolvendo Presidente do PSG, os Crimes de maior peso em sua condenação, remontam da Copa do Mundo no Brasil (2014).
Ingênuo o Brasileiro que imagina ter sido "7x1", o maior vexame do País naquele pornográfico Evento.
Na História das Copas não há registros de tantos escândalos, roubo e corrupção;  verdadeira farra "Caligoliana".
Vergonha a engrossar "Capivara" de um pobre País, com pretensão de Potência.


Nem a pipoca vendida escapou. Comércio Nativo, nas proximidades de Estádios, teve sonho de ganhos, transformado em total isolamento, decepção e prejuízos; muitos faliram.

Pra efetuar venda de US$ 1, só pagando US$ 1 aos donos dos Porcos.
Falcatruas na Construção de Estádios,  melhorias Urbanas, Vendas de Ingressos, Midia, escolhas de Sedes e elaboração de Tabelas. Nada escapou das Garras de Verolme; Sniper Blater.


Prejuízos ao País são incalculáveis.  Máfia do Futebol deu de Goleada. Faturou Bilhões.
Valcker caiu. Efeito Dominó arrastou Blater e Cartolas da CBF. Ingenuidade supor que Justica foi feita.
Está claro. Tem Muito Bandido solto


Por mais fanático que seja o Militante de Esquerda, considerando todas as limitações cerebrais da Doutrinação,  impossível conceber existência de quem discorde.
Manobra desse porte não seria possível sem a conivência de autoridades locais.
Participação do Governo Dilma, fato consumado. Dúvida paira no descobrir a quantidade de cúmplices.
Lula, Dilma, Orlando Silva e Aldo Rebelo, os dois últimos membros do PC do B e titulares do Ministério dos Esportes durante negociações e organização da Copa, nomes que lideram a fila.
Torna-se também obrigatória varredura na atuação de Presidentes de Federações Estaduais e Dirigentes de Clubes envolvidos.
Questão agora é saber.
Brasil irá absorver golpe calado ou irá cobrar a dívida,  colocando culpados atrás das grades e recuperando valores roubados?
Hora de virar esse jogo.

Fonte: Sofa de pobre

Comentários