Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Presidente da Câmara nega entrevista fazendo críticas a familiares de Bolsonaro

Presidente da Câmara nega entrevista fazendo críticas a familiares de Bolsonaro - Otávio Sá Leitão

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, negou ao Diário do Poder ter concedido entrevista fazendo referências negativas aos filhos do presidente Jair Bolsonaro. “Concordei em bater um papo com o jornalista, deixando claro que não era entrevista”, disse ele sobre matéria divulgada no site Buzzfeed, destacando que expressões usadas pelo jornalista durante a conversa acabaram atribuídas a ele, no texto.

O presidente da Câmara disse também que tem como norma não fazer referência a família de outras pessoas, por isso ficou tão chateado com o que foi publicado. Ao conversar com o DP, na noite desta sexta (26), Maia já havia feito chegar esses esclarecimentos ao presidente Jair Bolsonaro, que na manhã deste sábado (27) afirmou ser tudo invenção.

“Tenho certeza de que isso é um fake. Eu gosto do Rodrigo Maia. Ele tem respeito por mim, eu tenho por ele”, afirmou Bolsonaro. A matéria do site atribui a Maia a afirmação de que o filho deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) vive um “momento de deslumbramento”. Indagado sobre isso, Bolsonaro sorriu.

“Mandei uma mensagem via Onyx [Lorenzoni, ministro da Casa Civil] para ele ontem à noite dizendo que o que nós dois juntos podemos fazer não tem preço”, contou, “e 208 milhões de pessoas precisam de mim, dele e de grande parte de vocês”, continuou dirigindo-se a jornalistas.

“Rodrigo Maia é pessoa importantíssima para o futuro de 208 milhões de pessoas. Espero brevemente poder conversar com ele”, concluiu.

Visita a Yasmin

Bolsonaro visitou neste sábado (27) a estudante Yasmin Alves, 8, na Cidade Estrutural, periferia de Brasília, para, segundo ele, desfazer um mal-entendido provocado pela imprensa.

Há alguns dias, o presidente recebeu um grupo de alunos e o jornal O Estado de S.Paulo divulgou fake news de que a menina se recusava a cumprimentá-lo. A íntegra da cena mostrou que isso era falso. O jornal se corrigiu, mas a história já havia viralizado.

“Eu perguntei quem era palmeirense e ela falou que não, nada mais além disso”, afirmou Bolsonaro na saída de sua casa. Yasmin vestia a camisa do Flamengo presenteada pelo presidente em visita que ela fez ao Palácio do Planalto nesta semana.

“Não tentei mudá-la de time, não”, comentou. Bolsonaro disse que fez a visita para desfazer a imagem de que ela era mal-educada em sua comunidade.

A região, carente, mobilizou-se em parte para recebê-lo. A rua e arredores da casa foram bloqueados, de modo que alguns moradores acenaram para o presidente à distância.

Pouco antes de Bolsonaro deixar a residência de Yasmin, o esgoto escorreu do cano da calçada bem na área montada para que desse a entrevista, impregnando a rua de mau cheiro. Bolsonaro acabou falando com os jornalistas alguns passos para o lado.

Ele estava acompanhado da mulher, Michelle, que levou um bolo de chocolate, o deputado Helio Lopes (PSL-RJ), o Helio Negão, e o ministro Floriano Peixoto (Secretaria-Geral).

Os pais de Yasmin serviram pão com leite condensado, café da manhã do qual Bolsonaro mostrou gostar na eleição quando recebeu a Rede Globo em sua casa com a refeição servida. “Mas não deu tempo de comer, não. Tomei só uma xícara de café, tá ok?”, contou.

 

Fonte: Diario do poder

Comentários