Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

MULHER FAZ O TESTE PARA DESCOBRIR O QUE É MELHOR PARA PERDER PESO: DIETA OU EXERCÍCIO?

MULHER FAZ O TESTE PARA DESCOBRIR O QUE É MELHOR PARA PERDER PESO: DIETA OU EXERCÍCIO? - Otávio Sá Leitão

No final de 2017, Irina se deparou com um anúncio de uma academia, um plano semestral com 80% de desconto. Foi quando decidiu começar a se exercitar. Os treinos ocorriam três vezes na semana. Era um treinamento de força e mesmo que pegasse pouco peso, ficava exausta rapidamente. Assim que começou a prática de exercícios, abandonou o cigarro. A mulher fumava há 20 anos e isso estava prejudicando sua respiração, o que também prejudicava na execução dos exercícios.

Irina também abandonou as cervejas de sexta e sábado à noite. Vale lembrar que esses são hábitos que ela mantém até hoje. Antes e depois dos treinos, a mulher consumia comidas muito calóricas, como pizzas e lasanhas. Pensava que como perdia muitas calorias na aula, isso não iria interferir em nada. O que aconteceu foi que seus músculos começaram a se fortalecer e apesar de sua respiração melhorar, o peso não mudou muito. De 120 quilos, ela perdeu apenas 3,5 e ficou com 116,5 quilos.

O plano semestral acabou e ela decidiu não continuar. Os resultados não tinham sido tão notáveis para motivá-la a continuar. Foi então que uma criança fez com que ela voltasse com a ideia de perder peso. A criança perguntou para ela porque sua barriga era tão grande e foi então que ela percebeu que precisava perder peso.

Dieta

Irina então encontrou um aplicativo onde descobriu que seu metabolismo básico era de 1800 calórias diárias. Para perder peso, sem necessariamente realizar esforço físico, precisaria consumir menos que isso, provocando um deficit calórico e, consequentemente, a perda de peso. Ela então decidiu ingerir 1700 calorias diariamente. Excluiu de seu cardápio carnes processadas e diminuiu o consumo de açúcar.

Logo no primeiro mês, ela notou a diferença na balança. Irina estava com 121 quilos, já que havia parado com a prática de exercícios há algum tempo. Mas em um mês, o peso caiu para 117 quilos. Continuou a dieta e não evitava nenhum tipo de comida, quando sentia vontade de comer um doce, comia, mas de forma moderada. Além disso, substituiu parte de seus alimentos pelas versões integrais. A dieta que começou em outubro de 2018, em janeiro de 2019 já tinha dado grandes resultados. Irina começou o ano com 108 quilos!

Mas não parou por aí, ela decidiu ir mais além. Começou a praticar o que chamam de jejum intermitente. Realizava suas refeições apenas entre as 15hrs e às 23hrs da noite. Com o cardápio equilibrado, Irina não sentiu fome nem nada tipo e em fevereiro já estava com 102 quilos. Foram 19 quilos perdidos com a dieta. O objetivo de Irina é alcançar os 80 quilos. Só depois disso é que ela pretende voltar para academia e para o treinamento de força para ganhar massa muscular.

No caso de Irina, o que apresentou os resultados desejados foi a dieta. No entanto, não quer dizer que isso vai funcionar para todo mundo. Cada corpo funciona de uma maneira e a melhor alternativa é procurar um médico ou um profissional da educação física ou da nutrição e descobrir qual a melhor alternativa para que você alcance seus objetivos.

Fonte: POR LETICIA ROCHA

Comentários