Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Avalie os políticos da Paraíba!

Você pode ver e votar nos políticos do Estado.

Ministério da Justiça credencia novos leiloeiros para realização de leilões de bens apreendidos de criminosos

Ministério da Justiça credencia novos leiloeiros para realização de leilões de bens apreendidos de criminosos - Otávio Sá Leitão

Edital, publicado nesta quarta-feira (7), convida Leiloeiros Públicos Oficiais para participarem de credenciamento para a realização de leilão de bens móveis e imóveis, apreendidos em processos criminais no Acre, Amazonas, Roraima, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Pará, Amapá, Rondônia, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba. Com a habilitação dos profissionais, os leilões passarão a acontecer em todo o país. A ação integra a cartilha de projetos estratégicos do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). O trabalho é coordenado pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad).

Em 2019, os leilões iniciados em outubro arrecadaram aproximadamente R$ 4,5 milhões com a venda de 493 itens em São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Já em 2020, com a contratação de leiloeiros nos estados que faltavam, o Ministério da Justiça e Segurança Pública atua para realizar leilões mensais em todo o território nacional e, assim, elevar expressivamente o valor arrecadado para o Fundo Nacional Antidrogas (Funad), que destina os recursos para políticas de prevenção e combate às drogas no país.

 

A seleção está aberta exclusivamente para o credenciamento de Leiloeiros Públicos Oficiais que atendam as especificações previstas no edital. A documentação deverá ser entregue até o dia 17 de janeiro de 2020 à Comissão de Credenciamento por meio do processo eletrônico, ou via SEDEX, serviço similar ou correspondência registrada, ciente dos riscos de possíveis atrasos no transporte e na entrega da documentação no prazo estabelecido, que inviabilizará a sua participação no processo de habilitação.

 

Os documentos entregues passarão por análise para a validação das informações exigidas no processo, atendendo os critérios de habilitação jurídica, regularidade fiscal e trabalhista, e qualificação técnica. Após a confirmação dos dados e a habilitação, o leiloeiro será acionado para prestação de serviço por meio revezamento, em ordem definida por sorteio realizado em Brasília, pela Senad, em sessão pública, comunicada previamente via correio eletrônico, notificação pessoal, e divulgada no site do MJSP.

Fonte: Noticia Brasil online. By RAFAEL BRUNETTI

Comentários