Confira os sites mais acessados da Paraíba!

Ranking com credibilidade e confiança!

Avalie os políticos da Paraíba!

Você pode ver e votar nos políticos do Estado.

Faltam poucos dias para o Carnaval. É hora de falar sobre corpos nus e assédio

Faltam poucos dias para o Carnaval. É hora de falar sobre corpos nus e assédio - Otávio Sá Leitão

Oficialmente, faltam poucos dias para o Carnaval. Mas a verdade é que o famoso pré-Carnaval tem se estendido tanto que já adentramos a época da folia. Os blocos estão promovendo festas de aquecimento, e quem gosta de marchinha e batucada já está com a agenda cheia. Por isso, me adianto no texto sobre bons modos carnavalescos. Melhor prevenir do que remediar.

 

Neste ano, o Carnaval trará uma vibe curiosa, já que significativas conquistas femininas e LGBTQs convivem com um acirramento do conservadorismo institucional do país. E, goste a ministra Damares ou não, precisamos lidar com o fato de que mulheres estarão ostentando seus seios ao ar livre. Caso você partilhe do horror ao corpo feminino nu em público, não se desespere, não agrida e nem fotografe, apenas ignore. Desvie o olhar, a rota e, se necessário, faça um post denúncia (sem imagem, claro) sobre o despudor do tal bloco ou baile.

 

Mas, se conseguir, respire fundo e pense como os mamilos femininos foram confinados às camadas de roupa por séculos e, só agora, estão saindo para dar uma voltinha. No Brasil, claro. Porque, em muitos países do mundo, peitinho anda livre na praia há tempos.

 

Se você é mulher e está na dúvida sobre botar o peito de fora, recomendo fortemente os pasties. Neste ano, eles vêm temáticos, com penduricalhos e força total. Tapam, mas nem tanto. Sucesso garantido.

Fonte: CONTEXTO EXATO

Comentários