Portal mídia livre 15 anos

Supremo homologa acordo com OAS

O bicho vai pegar.

Supremo homologa acordo com OAS

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, homologou o acordo com oito empregados da OAS.

Os ex-empregados trabalhavam na área de 'caixa 2' da empresa e eram responsáveis pelo repasse de propina a políticos e operadores. Eles negociaram o acordo separado da cúpula da empresa.

Entre os que ainda tentam fechar a delação estão o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, preso em Curitiba, e os herdeiros da empreiteira Cesar da Mata Pires Filho e Antonio Carlos Mata Pires.