Portal mídia livre 15 anos

Sobre os irrecuperáveis. Confira!

Compartilhe isso

Sobre os irrecuperáveis. Confira!
Não queiram me convencer que certos bandidos são recuperáveis.

Seria uma total perda de tempo, ao menos comigo, tentar dialogar tentando me convencer do contrário.

E ao dizer isso, quero deixar muito claro que penso que muitos (e grande parte) dos bandidos, que praticam delitos gravíssimos, são sim é irrecuperáveis.

- Ou alguém acha que Lula é recuperável?

- Que José Carlos Bumlai é recuperável?

- Que Wesley e Joesley Batista (os gângesters que compravam, a rodo, por atacado e varejo, Deputados e Senadores, da direita, do centro e da esquerda) são recuperáveis?

- Que Marcelo Odebrecht e Emílio Odebrecht são recuperáveis?

- Que os donos da UTC Engenharia, da Camargo Correia, da OAS, da Andrade Gutieerez, da Queiroz Galvão, depois de tudo que tungaram com a PaTota são recuperáveis?

- Que Eike Batista é recuperável?

- Que José Dirceu é recuperável?

- Que José Genuíno é recuperável?

- Que Delúbio Soares é recuperável?

- Que João Vaccari Neto é recuperável?

- Que Dilma Rousseff é recuperável?

- Que todos os doleiros envolvidos no mensalão e no PeTrolão (a exemplo de Alberto Yousseff, Nelma Codama e Lúcio Funaro) são recuperáveis?

- Que Marcos Valério é recuperável?

- Que Rodrigo Rocha Loures é recuperável?

- Que Geddel Lima é recuperável?

- Que Michel Temer é recuperável?

- Que Eduardo Cunha é recuperável?

- Que Renan Calheiros é recuperável?

- Que Fernando Collor é recuperável?

- Que José Sarney é recuperável?

- Que Luiz Estêvão é recuperável?

- Que Nicolau dos Santos Neto (o Lalau) e João Carlos da Costa Mattos são recuperáveis?

E tantos outros "do colarinho" branco que se fôssemos citar, precisaríamos de toda base do google e, como estamos no Brasil, correríamos o risco de usar tal base e ainda ser injusto por não citar todos.

Francamente.

Não!

Não são e nunca serão recuperáveis!

São, sim, um custo, para toda sociedade e para cada cidadão brasileiro de bem.

Ou alguém acredita que estes verdadeiros crápulas irão se ressocializar dentro de presídios, em colônias penais, ou cumprindo penas alternativas, ou costurando bolas, pintando muros de escolas ou fazendo miçangas?

Contem-nos outra.

Estes crápulas, nem se forem colocados em SPAS paradisíacos, com tudo que apodreceram tungando do Erário e do povo, serão recuperáveis.

E o pior de tudo é que, como estamos no Brasil, a terra da impunidade, todos os citados acima, deixarão suas faraônicas fortunas, evidentemente, advindas de imensuráveis cifras de recursos e verbas públicas, para seus filhos, netos, sobrinhos e todo compadrio & Cia, Ltda. gozarem, e repartirem, por gerações e gerações, posando para a sociedade, como se fossem membros de famílias exemplares e tradicionais dos respectivos currais e feudos eleitorais.

A Constituição de 1988 tem, e deve, ser alterada no sentido de se adotar a pena de morte e ou a prisão perpétua. 

Todavia, como todas as alternativas constitucionais previstas na Constituição de 1988 estão esgotadas, para a adoção de tais penas, só uma Assembleia Nacional Constituinte, com uma nova Constituição, é que poderá trazer estas possibilidades para o presente.

Do contrário, a prevalecer a cultura da bandidolatria e da deturpação dos Direitos Humanos, destaco, apenas para proteger a bandidagem e não as vítimas (porque evidentemente já estão ou mortas ou em estado de pânico) nem tampouco as famílias das vítimas, a bandidagem seguirá no oásis da realidade em que se encontra fazendo festa.

Para ser bem claro, sim, eu sou a favor da pena de morte e da prisão perpétua.

Lógico, desde que para que se aplicar tais penas, se respeite o devido processo legal, a ampla defesa (e não a defesa estrita) e o contraditório, com todos os meios e recursos legais inerentes ao respectivo processo.