Portal mídia livre 15 anos

Sem chances, Haddad poderia renunciar para dar lugar a Ciro na disputa

Compartilhe

Sem chances, Haddad poderia renunciar para dar lugar a Ciro na disputa

Kátia Abreu, vice de Ciro Gomes, fez um apelo para Haddad renuncie ao segundo turno para dar lugar a Ciro Gomes, que teria mais chances numa disputa contra Bolsonaro.

“Eu não estranharia e acharia muito digno se por acaso ele (Haddad) desistisse da candidatura vendo que pode entregar o País a um fascismo religioso”, afirmou, referindo-se a Bolsonaro. “A lei é clara. Se ele renunciar à sua candidatura, Ciro Gomes é o candidato. E é o único capaz de vencer Bolsonaro”, justificou.

A proposta de Kátia Abreu se baseia no artigo 77 da Constituição Federal, que no inciso 4º diz que “se, antes de realizado o segundo turno, ocorrer morte, desistência ou impedimento legal de candidato, convocar-se-á, dentre os remanescentes, o de maior votação”.

A maioria das alas, partidos e movimentos de esquerda reconhecem que Haddad que não tem a mínima chance contra Bolsonaro pois está ligadíssimo à corrupção petista, recebe ordens de dentro da cadeia e foi o pior prefeito da história de São Paulo. Sem contar que seu plano de governo é extremamente autoritário, o que já inviabilizou por completou sua eleição.

Para completar, a pesquisa Datafolha, que coloca Bolsonaro com 58% dos votos válidos, fez a campanha “renunciahaddad” ganhar ainda mais força nas redes sociais.

Todos sabem que o brasileiro jamais elegerá um governante do PT novamente.