Portal mídia livre 15 anos

PF NAS RUAS. Operação Armistício Mira Repasse De R$ 4 Milhões Ao Senador Romero Jucá Pela Odebrecht

Compartilhe

PF NAS RUAS. Operação Armistício Mira Repasse De R$ 4 Milhões Ao Senador Romero Jucá Pela Odebrecht

A Polícia Federal abriu nesta quinta-feira, 8, a Operação Armistício, que investiga o suposto recebimento de R$ 4 milhões como vantagem indevida ao senador Romero Jucá (MDB-RR). Os valores estariam ligados à edição, no ano de 2012, de uma Resolução do Senado que se destinava a restringir a guerra fiscal nos portos brasileiros. Jucá não é alvo de medidas judiciais nesta operação.
A PF cumpre 9 mandados de busca e apreensão – 7 na capital de São Paulo, 1 em Santos e 1 em Campo Limpo Paulista – contra doleiros e investigados por pagar vantagem indevida.

Em nota, a PF informou que os pagamentos indevidos, na ordem de R$ 4 milhões, teriam sido feitos pela Odebrecht que tinha interesse na edição do ato. As medidas foram deferidas pelo ministro Edson Fachin, no Inquérito 4382-STF.

Mais Notícias

JUIZ QUER DESCOBRIR AUTOR DOS CÁLCULOS DA PROPINA ATRIBUÍDA A LULA. Confira!
JUIZ QUER DESCOBRIR AUTOR DOS CÁLCULOS DA PROPINA ATRIBUÍDA A LULA. Confira!

FÓRMULA DA PROPINA DE R$12,4 MILHÕES PARA LULA INTRIGA MORO

Processos sobre indícios de irregularidades em campanhas de Lula e Dilma estão nas mãos de Moro. Click e veja no site de Tavinho
Processos sobre indícios de irregularidades em campanhas de Lula e Dilma estão nas mãos de Moro. Click e veja no site de Tavinho

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL ENCAMINHARÁ AO JUIZ SERGIO MORO DOCUMENTOS QUE APONTAM SUSPEITAS DE ARRECADAÇÃO ILEGAL POR PARTE DAS CAMPANHAS DE LULA E DILMA