Portal mídia livre 15 anos

O que acontece se você simplesmente parar de fazer sexo? Click e entre no site de Tavinho

Ops!!!!!!!!!!!!!!!!!

O que acontece se você simplesmente parar de fazer sexo? Click e entre no site de Tavinho

Qual foi a última vez que você fez sexo? Se está fazendo com frequência, seu corpo certamente está colhendo vários benefícios que talvez você nem saiba. Ter uma vida sexual ativa provoca mudanças e melhoras físicas e mentais. Se você para de praticar sexo, vai começar a ter menos controle sobre algumas partes do corpo por conta da falta da prática.

Para quem está fazendo sexo com frequência, apenas mantenha o hábito que você está fazendo bem não só para você mesmo, como também para o parceiro. De acordo com vários estudos no campo sexual, quem transa de duas a três semanas colhe uma série de benefícios como melhoria no humor, pressão sanguínea, sistema imunológico e até a melhoria da própria prática sexual.

Se você está solteiro, largado ou numa situação de falta de sexo, também não precisa se desesperar. Os efeitos não são imediatos a uma vida sexual parada e dependem de uma rotina sem sexo.

Saúde

1

Quem não pratica sexo com frequência fica mais sujeito a pegar algumas doenças. Por causa de queda no desempenho do sistema imunológico, há mais chances de adquirir gripes e resfriados, por exemplo. Ter a vida sexual ativa também permite que exercite a pélvis, o que fortalece a bexiga e evita problemas como incontinência urinária. A abstinência deixa o corpo mais fraco e proporciona menos controle da bexiga.

Por outro lado, cerca de 80% dos problemas de infecção urinária ocorrem em até 24 horas após as relações sexuais. Bactérias podem entrar em contato com as partes íntimas durante o coito e permitem as infecções. Se há um ponto positivo em não ter a vida sexual ativa, certamente é esse.

Em mulheres, a falta de sexo pode reduzir a lubrificação das partes íntimas. No caso de estar sem vida sexual ativa, a mulher pode precisar de meios artificiais para poder manter a vagina lubrificada.

Humor

2

Mentalmente, não fazer sexo pode afetar seu humor, sua disposição e sua confiança. A vida sexual ativa permite maior facilidade para lidar com situações estressantes ou para lidar com momentos de pressão em público por exemplo. Isso porque, durante o sexo, o cérebro libera compostos como ocitocina e endorfina, que nos ajudam a ficar mais relaxados.

Ter uma vida sexual ativa também nos faz mais espertos. De acordo com cientistas, quem transa com mais frequência tem melhores resultados em testes de aprendizado e memória.

A falta de sexo também pode deixar mulheres mais depressivas e infelizes. Isso porque a composição do sêmen promove melhoria de humor nas mulheres. É claro que, se por um lado o sêmen traz esses benefícios, o sexo sem proteção também tem seus riscos, então não deve ser feito sem cuidado.

Se você passa por abstinência sexual forçada, contra sua vontade, você pode sentir muita culpa e ter menor produção de ocitocina no corpo. O hormônio é responsável por produzir apego e empatia com outras pessoas.

Para homens

3

Homens que param de fazer sexo tem risco 20% maior de adquirir câncer de próstata. O motivo é que a ejaculação ajuda a remover substâncias tóxicas da próstata e a mantém mais saudável. Homens que tem sexo com menos frequência também tem duas vezes mais chance de ter problemas de disfunção erétil do que aqueles que fazem ao menos uma vez por semana.

Parece que realmente há muito mais problemas do que vantagens em parar de fazer sexo, não é? Sendo assim, o jeito é manter a vida sexual ativa, ficar mais feliz e ainda poder ter mais saúde com isso.