Portal mídia livre 15 anos

NOVO HOTEL. Click e veja no site de Tavinho

LÍDER DO GOVERNO ESTÁ PRESO NO BATALHÃO DE TRÂNSITO DA PM-DF

NOVO HOTEL. Click e veja no site de Tavinho
O senador Delcídio do Amaral (PT-MS), líder do governo Dilma Rousseff no Senado Federal, foi transferido da superintendência da Polícia Federal em Brasília para o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do DF.

Preso desde 25 de novembro, Delcídio era mantido em uma sala da superintendência do DPF no Distrito Federal, e dormia em um colchão que lhe arranjaram. No BPtran, ele foi alojado em uma sala com beliche, uma saleta e banheiro.

O senador do PT foi preso sob a acusação de obstruir a Justiça e por liderar uma trama para dificultar as investigações da Lava Jato, além de propor mesada de R$ 50 mil e um plano de fuga para o ex-diretor da Petrobras Nestor Ceveró, em troca do silêncio do comparsa, que já se encontrava preso em Curitiba.

Mais Notícias

A barbárie continua nos presídios. Confira!
A barbárie continua nos presídios. Confira!

Problema que já é crônico desafia o bom senso enquanto as facções criminosas dominam o sistema

Momento De Frustração Quase Tira Deltan Dallagnol Da Lava Jato. Confira!
Momento De Frustração Quase Tira Deltan Dallagnol Da Lava Jato. Confira!

O coordenador da força-tarefa do Ministério Público Federal na #Lava Jato, procurador, #Deltan Dallagnol, comentou, nesta sexta-feira (30), perceber uma articulação da sociedade para criar novas medidas de combate à #Corrupção, após o Congresso não valorizar o projeto de Lei das Dez Medidas contra a Corrupção. Segundo Dallagnol, alguma coisa tem que ser feito: se o Congresso não apoiar esse projeto, o povo deve mudar quem está lá. O projeto entrou em votação no mês de novembro do ano passado, um dia depois da tragédia com a queda do avião dos jogadores da Chapecoense. Na ocasião, os parlamentares alteraram o projeto, esvaziando as propostas e substituindo por outras que acabam freando as investigações da operação.