Portal mídia livre 15 anos

Golpe comunista: PCdoB e PT estão agindo para tentar 'banir' o Juiz Moro do Judiciário. Click aqui

Olha o absurdo.

Golpe comunista: PCdoB e PT estão agindo para tentar 'banir' o Juiz Moro do Judiciário. Click aqui
Esse, o Foro de São Paulo. Esse, o comunismo que alguns imbecis dizem 'não existir no Brasil'.
Isso sim é uma tentativa de golpe comunista e agora sim justifica por que o Brasil deve proibir partidos comunistas por aqui.
Parlamentares do PT e do PCdoB protocolaram durante a semana uma representação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para que sejam apuradas supostas irregularidades por parte do juiz federal Sérgio Moro, coordenador da Operação Lava Jato. Entre as alegações dos deputados estão interceptações telefônicas que, segundo eles, poderiam ser consideradas ilegais, como a da presidente Dilma Rousseff (PT), de ministros, um escritório de advocacia e senadores.
Os parlamentares avaliam que houve violação do sigilo na comunicação profissional entre advogado e cliente em decorrência de interceptação telefônica do escritório de advocacia Teixeira, Martins & Advogados, com gravações de conversas de 25 advogados e 300 clientes.
Conforme os deputados, Moro foi alertado por ofício várias vezes pelas empresas de telefonia sobre os grampos, mas a decisão sobre interceptações telefônicas foi mantida pelo magistrado.Moro não se pronunciou sobre a iniciativa dos parlamentares do PT e do PCdoB.

Mais Notícias

PROPOSTA PRETENDE CRIAR MANDATO PARA MINISTROS DO SUPREMO. Click aqui
PROPOSTA PRETENDE CRIAR MANDATO PARA MINISTROS DO SUPREMO. Click aqui

SENADO AMEAÇA IMPOR MANDATO DE 10 ANOS PARA MINISTROS DO STF

Gilmar Mendes comanda esquema que pode soltar nesta quarta-feira o réu Eduardo Cunha. Click aqui
Gilmar Mendes comanda esquema que pode soltar nesta quarta-feira o réu Eduardo Cunha. Click aqui

O STF, como todos sabemos, tem a ‘tradição’ de não prender. Ao contrário, seus ministros adoram uma impunidade. E desta vez, será que o Brasil ficará calado? Este sim, é o grande golpe.