Portal mídia livre 15 anos

Gleisi recebeu R$ 1 milhão do propinoduto da Petrobras a pedido de Paulo Bernardo, confirmam delatores na acareação.

Gleisi recebeu R$ 1 milhão do propinoduto da Petrobras a pedido de Paulo Bernardo, confirmam delatores na acareação.
O ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa sustentou em acareação com Alberto Youssef nesta segunda-feira, 22, em Curitiba, que o ex-ministro de Comunicação Paulo Bernardo solicitou R$ 1 milhão para o esquema de cartel e corrupção na Petrobrás. Peças centrais nas investigações da Operação Lava Jato, os dois ficaram frente a frente por cerca de 10 horas para confrontar versões conflitantes de suas delações premiadas, em relação ao envolvimento de políticos.
Confirmação. Em relação a Paulo Bernardo, os delatores apontam o pagamento de R$ 1 milhão para a campanha de 2010 da ex-ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann (PT-PR), que foi eleita senadora naquele ano. Bernardo, que é marido da senadora, fez a solicitação Um dos pontos de divergência explicado foi o de quem efetivamente teria entregue os valores pedidos por Paulo Bernardo. O doleiro disse não ter sido ele pessoalmente o efetivador das entregas. Os depoimentos dos dois delatores foi convergente na maioria dos pontos abordados. “São informações que não chegam a ser contraditórios”, afirmou um dos advogado de Youssef, Tracy Reinaldet.

Mais Notícias

Ô, miséria: BC bloqueia 30,8 milhões de reais de Palocci. Click aqui
Ô, miséria: BC bloqueia 30,8 milhões de reais de Palocci. Click aqui

Não passa dia sem escândalo da corja petista, cujo partido deveria ser erradicado, para bem dos cofres públicos e da moralidade. Vejam mais esta do pobre Palocci:

AEROPORTO TEM O NOME DE CRISTIANO RONALDO. Confira aqui
AEROPORTO TEM O NOME DE CRISTIANO RONALDO. Confira aqui

Cristiano Ronaldo manda tirar busto bizarro de aeroporto

Não aguento mais você, Dilma! Click e entre no site de Tavinho
Não aguento mais você, Dilma! Click e entre no site de Tavinho

Eu vou usar um termo baixo mas preciso, pede pra cagar Dilma e sai