Portal mídia livre 15 anos

Escravidão último reduto no Mundo. Click aqui

Escravidão último reduto no Mundo

Escravidão último reduto no Mundo. Click aqui


Escravidão é proibida em todo o mundo,  mas cerca de meio milhão de pessoas agora estão definhando na escravidão em um país pequeno no deserto do Sahara - Mauritânia. Os número de escravos é entre 340 000 e 680 000, o que é de cerca de 10-20% da população total. Como isso é possível?

Infelizmente, não há nenhuma maneira de saber exatamente quantas pessoas hoje na Mauritânia são escravas.  Nos últimos cinco anos, foi preso na Mauritânia apenas um dono de escravos, o que significa que há muito tempo é rejeitado pelo sistema civilizado.Mas o regime escravo e ainda persiste no país, e a opinião pública não pode afetá-lo.

Em 1981, a Mauritânia tornou-se o último país do mundo a abolir a escravidão. Ativistas são presos por lutar contra a prática. O governo nega que ela existe.

Moulkheir Mint Yarba escapou da escravidão em 2010. Ela pediu ao tribunal da Mauritânia para processar  seus mestres escravidão. "Eu exijo justiça", diz ela, "a justiça para eu e a minha filha , que a mataram e justiça para todo o tempo que passei apanhando e sendo abusada."