Portal mídia livre 15 anos

Dilma, sub chefe da Organização criminosa. Confira!

Compartilhe

Dilma, sub chefe da Organização criminosa.  Confira!
O povo tem que se contentar com condenação dos bagrinhos do esquema de corrupção que tomou conta do País. Ontem, a Polícia Federal deflagou operação sobre esquema de propina da construção da polêmica usina de Belo Monte no estado do Pará. O foco da operação de ontem foi o ex-ministro Delfim Netto que teria prestado "consultoria" para as empresas vencedoras da construção.

A Gazeta do Povo informa que os delatores premiados do porte do Emílio Odebrecht da Construtura que leva o seu sobrenome e Otávio Azevedo, ex-presidente da Andrade Gutierrez, a segunda maior empresa do setor, teria revelado que os "peixes grandes" eram a Dilma Rousseff, ministra chefe da Casa Civil do governo Lula e sua sucessora a Erenice Guerra em decorrência da desincompatibilização da primeira.  Também fazia parte do esquema o ministro de Minas e Energia da época, o senador Edson Lobão, aliado do ex-presidente José Sarney. Ainda segundo a Gazeta do Povo, o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci teria sido articulador do referido esquema. 

O fato, o esquema de corrupção que envolveu a construção da usina Belo Monte, à época foi bastante noticiado, escancarado, no setor de construção. Para poder contratar com sobrepreço maior, houve "união" de dois consórcios de empreiteiras que concorria no leilão de construção. É assim foi feito para construir a usina hidroelétrica mais cara do País. Embora a usina de Belo Monte é considerado a segunda maior usina hidroelétrica em potência instalada, a média de fornecimento da energia chega a ser equivalente a apenas de 1/3 da potência instalada. Nem de brincadeira a usina Belo Monte foi a responsável para evitar o apagão elétrico. O buraco é mais para baixo!

A justiça para os "tubarões" chegam sempre com atraso. É o que está acontecendo com o Lula da Silva e Dilma Rousseff. Que eu tenha conhecimento, até o momento a ex-presidente Dilma não é ré em nenhum processo da Justiça. Vamos lembrar que a ex-presidente Dilma foi a principal figura na compra "superfaturada" da Refinaria de Pasadena. Dilma também foi "articuladora" do esquema de corrupção na Petrobras na condição de ministra chefe da Casa Civil do governo Lula.  Infelizmente, o povo tem memória curta.

A organização criminosa

Dilma Rousseff foi afastada do cargo de presidente da República em 2016, mas continua elegível para qualquer cargo público nas eleições de 2018.  Certamente, Dilma deverá se candidatar a uma vaga na Câmara dos Deputados para ganhar o "foro privilegiado". 

Sem nenhuma sombra de dúvida de que a Dilma é sub-chefe da Organização criminosa que tomou conta do País.