Portal mídia livre 15 anos

Debate Paralelo Do PT Fracassa Mesmo Com Leitura De Carta E Vídeos De Lula

Confira!

Debate Paralelo Do PT Fracassa Mesmo Com Leitura De Carta E Vídeos De Lula

 

Impedido pela Justiça de participar do debate na Band, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba por lavagem de dinheiro e corrupção passiva, publicou uma carta na noite desta quinta-feira. O comunicado foi lido no início do debate paralelo transmitido pelo PT nas redes sociais, com participação dos petistas Fernando Haddad, Gleisi Hoffmann e José Sérgio Gabrielli, além de Manuela D’Ávila, do PC do B.

Na carta, Lula diz que o veto à sua participação no debate “viola o direito do povo e também dos outros candidatos” de ouvir e criticar suas propostas. Nas palavras assinadas pelo ex-presidente, o veto também viola a liberdade de imprensa, “proibindo o público de exercer seu direito de ser informado”.

Lula, também proibido pela Justiça de dar entrevistas, participa de seu debate paralelo através de vídeos com entrevistas e pronunciamentos antigos. Haddad, Gleisi, Manuela e Gabrielli repercutem algumas declarações dos presidenciáveis no debate da Band e também citam realizações de Lula quando foi presidente.