Portal mídia livre 15 anos

VICE-PRESIDENTE DA CÂMARA ROMPE COM O GOVERNO. Click aqui

FABIO RAMALHO RECLAMA NÃO HAVER ESPAÇO PARA A BANCADA MINEIRA

 VICE-PRESIDENTE DA CÂMARA ROMPE COM O GOVERNO. Click aqui
Com o anúncio de Osmar Serraglio (PMDB-PR) para o Ministério da Justiça, o primeiro vice-presidente da Câmara, Fabio Ramalho (PMDB-MG), anunciou na tarde desta quinta-feira, 23, o rompimento com o governo do presidente Michel Temer.

Ramalho alegou que não tinha condições de permanecer na base aliada após constatar que não há espaço para a bancada mineira no alto escalão do governo Temer. O vice-presidente da Câmara apoiava o nome do conterrâneo Rodrigo Pacheco (PMDB-MG) para a vaga na Justiça.

Sem conseguir emplacar o nome de Pacheco, Ramalho anunciou a saída da base governista algumas horas após a confirmação de Serraglio no ministério. O vice-presidente da Câmara, inclusive, já havia travado uma batalha anteriormente com o próprio Serraglio, quando levou a melhor sobre o paranaense na disputa pela cadeira na Câmara. À época da disputa, ele lançou uma candidatura avulsa e venceu o novo ministro da Justiça por 265 a 204 votos.