Portal mídia livre 15 anos

‘Parceiras’ Da Odebrecht Doaram A Tucano Depois De Pedido De FHC Em 2010

Compartilhe

‘Parceiras’ Da Odebrecht Doaram A Tucano Depois De Pedido De FHC Em 2010

Depois dos pedidos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) ao empreiteiro Marcelo Odebrecht por doações a candidatos tucanos na eleição de 2010, revelado por VEJA na última quarta-feira, 6, duas empresas ligadas à cervejeira Petrópolis que eram utilizadas para fazer doações eleitorais disfarçadas em nome da Odebrecht repassaram 100.000 reais à campanha do então tucano Antero Paes de Barros naquele ano. Paes de Barros, que se candidatou ao Senado por Mato Grosso e não se elegeu, foi o nome pelo qual FHC pediu por “ajuda” financeira da empreiteira em dois e-mails.

Ao contrário das empresas do Grupo Odebrecht, a Leyroz de Caxias Indústria, Comércio e Logística e a Praiamar Indústria, Comércio & Distribuição, distribuidoras ligadas ao Grupo Petrópolis, que fabrica as cervejas Itaipava e Crystal, aparecem na prestação de contas de Antero Paes de Barros em 2010. A Leyroz doou 80.000 reais ao tucano e a Praiamar, 20.000 reais.