Esquema mafioso garantiu a indicação de deputado para o Tribunal de Contas do Rio. Confira!

Compartilhe isso

 Esquema mafioso garantiu a indicação de deputado para o Tribunal de Contas do Rio. Confira!
Com quase todos os conselheiros do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro (TCE-RJ) afastados e envolvidos em escabrosos casos de corrupção, a quadrilha montada pelo ex-governador Sérgio Cabral, que ainda sobrevive, necessitava nomear o novo conselheiro na vaga aberta com a aposentadoria do ex-presidente Jonas Lopes de Carvalho.

Uma operação de guerra foi montada para garantir a vaga para o deputado estadual Edson Albertassi.

Felizmente, tudo foi desbaratado pela Polícia Federal e a votação para a sua indicação foi suspensa por uma liminar concedida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Na varredura realizada no gabinete de Albertassi, a PF encontrou um documento assinado pelos três conselheiros substitutos, onde estes abdicavam de concorrer a vaga. Tudo com firma reconhecida. Um verdadeiro 'contrato de gaveta', digno de um acerto, um conchavo realizado na surdina.



Fica evidente que na operação para enfiar, goela abaixo, Albertassi no TCE, rolou dinheiro público.

Um absurdo! 

Essa classe política marginal não respeita nada e nem ninguém e não tem limites.

0 Comentários

Deixe seu comentário

ATENÇÃO!    Todos os comentários passam por moderação.